• institutodocoracao

É bom saber o que é o aneurisma de aorta abdominal.

Na maioria das vezes, ele não tem sintomas e pode levar à morte.



As pessoas, sobretudo, as mais velhas, devem ficar atentas para o aneurisma de aorta abdominal, que pode causar a morte e – o que é grave! – na maioria das vezes não avisa, não apresenta sintomas.


Por isso, a importância da prevenção, através da consulta periódica ao médico angiologista e cirurgião vascular. Exames de rotina, como o de ultrassom abdominal para avaliar rins, fígado ou próstata, podem indicar a possibilidade da existência de um aneurisma de aorta abdominal.


Mas o diagnóstico específico deste aneurisma é realizado pelo angiologista e cirurgião vascular através da palpação do abdômen, além de exames de imagem, como ultrassom, ressonância magnética e tomografia computadorizada.


O que é o aneurisma de aorta abdominal?


É a dilatação dessa importante artéria na região do abdômen. Este aneurisma pode permanecer estável durante anos, mas alguns crescem rapidamente.

Está associado à aterosclerose, caracterizada pela presença de placas de gordura e calcificação nas artérias, e não têm relação com o aneurisma cerebral.


Os fatores que colaboram para o surgimento e crescimento do aneurisma de aorta abdominal são:

envelhecimento;

sexo masculino (embora também possa afetar as mulheres);

tabagismo;

histórico familiar de aneurisma (principalmente familiares de primeiro grau).


Estima-se que 2% a 5% dos homens com mais de 60 anos tenham essa dilatação, embora a maioria desconheça.


Quais sinais podem indicar a existência do aneurisma abdominal?


Mesmo sendo assintomático, ele pode dar alguns sinais, como sensação de pulsação abdominal.

Quando um aneurisma se expande rapidamente, está prestes a romper ou já rompeu, alguns sintomas podem aparecer de maneira brusca, como dor forte ou persistente no abdômen ou nas costas, náuseas e vômitos, frequência cardíaca acelerada, queda de pressão e choque hemorrágico, quando ocorre grande perda de sangue.


Como diagnosticar o aneurisma abdominal?


Através da palpação do abdômen, além de exames de imagem, como ultrassom, ressonância magnética e tomografia computadorizada.


Qual o tratamento do aneurisma abdominal?


O melhor é a prevenção.

Para reduzir o risco de desenvolvê-lo, recomenda-se:

• ter uma dieta saudável;

• praticar atividade física;

• não fumar

• controlar o estresse

• controlar o colesterol, pressão arterial e nível de glicemia.


A pessoa que possui um ou mais fatores de risco deve procurar um angiologista ou cirurgião vascular para avaliação clínica mais apurada.

206 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo